Auto-estima

Auto-estima

Auto-estima é o sentimento de aceitação daquilo que somos, tal como somos.

A sua carência é um problema sério pois condiciona a pessoa em todas as vertentes da sua vida.

As causas da falta de auto-estima são múltiplas; as principais têm origem na infância e na forma coma a criança foi tratada nesse período da sua vida.

Se a criança, de forma mais ou menos violenta e frequente:

  • É criticada;
  • Ralhada ou batida;
  • Ignorada, ridiculizada ou desafiada;
  • Comparada com outros;
  • Sente falta de afecto;
  • Se sente incompreendida ou abandonada;
  • Quando se espera que seja sempre perfeita na escola ou outras actividades, destrói-se a confiança em si mesma em momentos críticos da sua vida;

Na adolescência esse problema poderá ser dissolvido ou reforçado, em função de maior ou menor apoio e compreensão da parte do pai.

O pai ausente, ou tantas vezes ausente mesmo quando presente, é extremamente penalizante para o adolescente.

A “fome do pai” é hoje considerada uma séria causa de insegurança, desequilíbrio e falta de adaptação, tanto nos jovens como nos “menos jovens”.

Como remediar esta situação?

Antes de mais, é necessário perceber que os pais fazem pelos seus filhos o melhor que sabem ou podem.

Os ”erros” cometidos de forma inconsciente pelos pais, familiares e educadores e as marcas que esses acontecimentos deixaram devem ser analisados, mas não julgados.

Perceber que provavelmente, também esses adultos sofriam da mesma carência de afecto.

Após a tomada de consciência das causas, é indispensável compreender que, se pessoas e métodos podem ajudar, só o trabalho individual é que pode libertar as mágoas e feridas do passado, restabelecer a paz e harmonia que permitem a evolução.

Evolução acontece quando o adulto, após ter curado as suas feridas, transmite aos seus filhos padrões de maior harmonia, segurança e paz.

Formação: desenvolvido em dois níveis com a duração de 1 dia cada.

Requisito: Reiki nível 1.