Criança Interior

Criança Interior

A criança interior, é como a terra onde nascemos e da qual saímos ainda muito jovens. Uma terra que ansiamos ou precisamos visitar para que a nossa vida faça sentido.

É a fonte da criatividade; um tesouro tantas vezes esquecido ao qual é necessário voltar a fim de descobrir quem somos.

Tantas vezes maltratada, abusada ou sepultada no canto mais remoto do nosso ser, continua viva e a procurar fazer-nos entender que só através dela podemos evoluir, encontrar a nossa essência, realizar-nos.

Os traumatismos dos três primeiros anos e, sobretudo, os que vão do momento da concepção ao nascimento, deixam cicatrizes que, se não forem sanadas, nos acompanharão ao longo da vida, criando comportamentos compulsivos, condicionando a nossa percepção da realidade, as nossas relações, a nossa forma de estar e viver.

Visitar a nossa infância é, também, correr o risco de reabrir feridas enterradas ou esquecidas. Apesar disso, é fundamental sarar essas chagas, e só podemos realizar tal tarefa se aceitarmos trazê-las à luz da consciência.

Desenvolvemos este tema em 2 níveis. No primeiro – Tomaremos contacto com essa parte de nós, suas queixas, carências, ambições e objectivos. Aprenderemos a comunicar com ela, a acarinhá-la. Isto é, a tratar-nos melhor, com mais carinho, mais amor.

No segundo – O objectivo é tomar consciência dos nossos "Pais Interiores". Perceber que só podemos realizar-nos completamente quando aprendermos a “Maternar-nos” e a “Paternar-nos”.

Requisito: Reiki nível 1